Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

A RUA DO SAMBA

Eu não poderia deixar de postar aqui no blogue um artigo sobre a Rua do Samba. Evento ocorrido no último sábado 19.11.11 que prestigiou, em grande estilo, o samba natalense.
Fazer uma festa de samba por si só já é um desafio, uma vez que, como todos nós sambemos, o forró é protagonista dos agitos da capital. A dupla organizadora do evento, Heitor e Daniel, está de parabéns pela coragem e pelo cuidado na condução dos trabalhos. Localização excelente, banheiros à disposição, som de primeiríssima qualidade.  O resultado não poderia ser diferente: sucesso.
Acredito que outras “Ruas do Samba” virão, e como músico e público que sou, permitam-me uma pequena sugestão. Acho que o formato: Samba de Raiz – Samba Rock é legal, mas não se esqueçam dos sambas de carnaval. Aqui em Natal, apesar da grande maioria da população não conhecer, existem grandes escolas de samba com baterias contagiantes. Seria muito legal ver uma delas sacudindo a Rua do Samba. Fica a dica.
No mais, parabéns e todo sucesso para todos que se empenharam nessa belíssima empreitada.
JH


3 comentários:

  1. O recado esta dado , a nossa cultura local tem muito o que oferecer, claro que se estamos falando de ''cultura'',nao deve-se misturar estilos da atualidade pois se o objetivo é um resgate cultural estilos da atualidades (PORNOMUSIC,PAGODÃO,)não se enquadraria na proposta nem pouco acredito no projeto, (RUA DO SAMBA),entretanto comentando sobre o evento venho apenas registrar a rapida passagem de apresentação dos grupos ''Linha de Passe e Arquivo vivo" aonde poderia-se aproveitar mais do repertorio culturalmente perfeito da rapaziada,sem medo de errar e entre comentarios no evento pude observar que aproximadamente 40% do que ali estavam conheciam bem as musicas interpretadas e seus autores , já os ''belos e as belas'' os 60% estavam mesmo pelo ''POINT'' e claro para a ''AZARAÇÂO'' e tanto faz tocar o SAMBA VERDADEIRO ou qualquer outro estilo o importante é estar no "POINT", natural so lamentavel para uma juventude parte desaculturada, no mais tudo estava perfeito .Parabéns a organizaçao do evento .

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com vc, João Henrique. Eu fui na Rua do Samba e saí comentando justamente isso. Fui pensando que era só samba e não samba rock. Adorei a ideia do samba de carnaval... Um dia desses conheci Patusco de Recife q é nesse estilo e adorei! ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá Hique querido,
    É isso ai, partam pro Samba de Raiz e vão em frente que vocês só têm a ganhar.
    Nada como um bom samba e nisso vocês são mestres.
    Um beijão da vó que te ama.

    ResponderExcluir